HomeRádio Vaticano
Rádio Vaticano   
outras línguas  

     Home > Igreja > 2013-07-05 16:56:29
A+ A- imprimir



João Paulo II e João XXIII serão proclamados santos provavelmente este ano



Cidade do Vaticano (RV) - Os Papas João Paulo II e João XXIII serão proclamados santos provavelmente este ano.

O Papa Francisco aprovou, nesta sexta-feira, 5 de julho, o decreto sobre o reconhecimento de um segundo milagre por intercessão do Beato João Paulo II e abriu o caminho para a canonização do Papa Angelo Giuseppe Roncalli, João XXIII, mesmo sem o segundo milagre.

Recebendo em audiência, nesta sexta-feira, o Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato, o pontífice autorizou o organismo vaticano a promulgar os decretos relativos a:

- o milagre atribuído à intercessão do Beato João Paulo II (Karol Wojtyła) nascido em Wadowice, na Polônia, em 18 de maio de 1920 e morto, em Roma, no dia 2 de abril de 2005;

- o milagre atribuído à intercessão do Venerável Servo de Deus Alvaro del Portillo y Diez de Sollano, Bispo Prelado do Opus Dei, nascido em Madri, em 11 de março de 1914, e morto em 23 de março de 1994, em Roma;

- o milagre atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Esperança de Jesus (Maria Giuseppa Alhama Valera), fundadora das Congregações das Servas do Amor Misericordioso e dos Filhos do Amor Misericordioso, nascida em Santomera, na Espanha, em 29 de setembro de 1893 e morta em Collevalenza, na Itália, em 8 de fevereiro de 1983;

- o martírio do Servo de Deus Giuseppe Guardiet y Pujol, sacerdote diocesano, nascido em Manlleu, Espanha, em 21 de maio de 1879 e morto por ódio à fé, na Espanha, em 3 de agosto de 1936;

- o martírio dos Servos de Deus Maurizio Íñiguez de Heredia e 23 Companheiros da Ordem de São João de Deus, mortos por ódio à fé, na Espanha, em 1936 e 1937.

- o martírio dos Servos de Deus Fortunato Velasco Tobar e 13 Companheiros da Congregação da Missão, mortos por ódio à fé na Espanha de 1934 a 1936;

- o martírio das Servas de Deus Maria Assunta (Giuliana González Trujillano) e 2 companheiras, religiosas professas da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias da Mãe do Divino Pastor; mortas por ódio à fé na Espanha em 1936;

- as virtudes heróicas do Servo de Deus Nicola D'Onofrio, clérigo professo da Ordem dos Clérigos Regulares de Ministros dos Enfermos (Camilianos), nascido em Villamagna, na Itália, em 24 de março de 1943 e morto no dia 12 junho de 1964, em Roma;

- as virtudes heróicas do Servo de Deus Bernardo Filippo (Giovanni Fromental Cayroche), irmão professo do Instituto das Escolas Cristãs, Fundador das Hermanas Guadalupanas de La Salle, nascido em Chauvets-Servières, na França, em 27 de junho de 1895 e morto em Cidade do México (México), em 5 de dezembro de 1978;

- as virtudes heróicas da Serva de Deus Maria Isabel da Santíssima Trindade (Maria Isabel Picão Caldeira viúva Carneiro), Fundadora da Congregação das Irmãs Concepcionistas, nascida em Monte do Torrão (Portugal) em 1° de fevereiro de 1889 e morta em Lisboa (Portugal), em 3 de julho de 1962;

- as virtudes heróicas da Serva de Deus Maria Carmen Rendiles Martínez, Fundadora das Servas de Jesus, conhecidas como Siervas de Jesús de Venezuela, nascida em Caracas, Venezuela, em 11 de agosto de 1903 e morta em 9 de maio de 1977;

- as virtudes heróicas do Servo de Deus Giuseppe Lazzati, leigo consagrado, nascido em Milão, na Itália, em 22 de junho de 1909 e morto em 18 de maio de 1986;

- O Papa Francisco aprovou, enfim, os votos favoráveis da Sessão Ordinária dos Cardeais e Bispos sobre a canonização do Beato João XXIII (Angelo Giuseppe Roncalli) e decidiu convocar um Consistório que incluirá também a canonização do Beato João Paulo II (Karol Wojtyla). (MJ)




Compartilhar






Quem somos Horário dos programas Escreva à redação Produção RV Outras línguas Santa Sé Cidade do Vaticano Celebrações litúrgicas do Papa
All the contents on this site are copyrighted ©. Webmaster / Credits / informações legais / Publicidade